PÁGINAS

sábado, 11 de agosto de 2012

"Sonetinho" - Cibele Camargo


Ao encostar-me nos cantos
contemplei aos prantos entre aplausos e encantos
sua parte feia.

Melhor seria sua voz presente
no entanto distante
ficarei com o silêncio a sós
na boca seca a ligação em nós.

Tanto pior, seria anunciar o fim
sem mostrar ao seu chão
as saudades de quem te ama
das lembranças que fez-se o drama.

Qualquer coisa maior que a vida
é meu pensamento
num gemido os enganos
nos labores, os encantos enlaçarão os anos
levarão aquilo que parecia
aos assovios da ventania.


Mais da poeta Cibele Camargo em seu blog.

5 comentários:

Tania Anjos disse...

Querida Cibele,
trazia teu poema guardado em minha memória. Guardei-o também aqui!

Lindo! Parabéns!

És bem-vinda, poeta!
Beijos!

Adrianna Coelho disse...


Mais uma voz que se faz presente.

E onde todas as vidas cabem
além da poesia.

Caroline Godtbil disse...

O pensamento é mesmo qualquer coisa maior que a vida...
Sigo junto...
Beijo.

Lia Noronha disse...

td maravilhoso por aqui.abraços querida Cibele.

migalhas disse...

ola , vi o seu comentário num outro blog e saí correndo para o seu blog, vendo seu magnifico espaço, adorei imenso, mas tenho um convite para fazer, se voce gostar de poesia venha visitar e dar a sua opinião aos meus poemas http://assombrado-mc.blogspot.com