PÁGINAS

sábado, 10 de novembro de 2012

Romance




Existiram pela tarde
e nas lagoas da noite
sentiram o cheiro que tinham
e iluminaram a pele
antes da aurora marcada.

Cantaram hinos
arfaram
as bandeiras da alegria
todas as noites do ano
tremendo no calendário.

Inexistiram
na noite sem aurora
nem lagoas
guardadas as bandeiras
refeito o calendário.



3 comentários:

Tania Anjos disse...

"Existiram... Cantaram... Inexistiram.."

Triste e lindo... Lindo e triste.

Beijo!!
Bem-vinda!!

Tania regina Contreiras disse...

Tudo no passado...que poderia ter sido presente ainda.
Beijos,

Corpo-Alma disse...

QUE COLETANA DE POEMAS MAIS LINDOS, UM ESPACO MAGICO ONDE A DIVERSIDADE POETICA CANTA SUAS DORES E ALEGRIAS. ME ENCANTOU CONHECER SEU BLOG POETA!